dozamores

existem amores que rompem barreiras

que fazem poemas

e que compram flores

amores macios como borboletas

amores que irrompem aos borbotões

 

existem amores que chegam quietinhos

que ficam brechando

e se esgueiram de leve

amores estranhos desses que merecem

um lado estranho da nossa atenção

 

existem amores que vão desmaiando

perdendo a força

ficando invisíveis

amores sensíveis que findam o ciclo

seguindo o caminho, andando,

enfim

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s