Comi, rezei, amei

Prometi no ano novo que em 2011 vou ler bem muito, e prometo agora que vou escrever aqui sobre minhas leituras.

Comecei o ano lendo um best-seller-mulherzinha, apesar de que costumo fugir de best-sellers como o diabo da cruz, mas ganhei o livro de presente duma pessoa maravilhosa, a Lila Dourado, do blog “Que Roupa Vestirei” com dedicatória e tudo, e SIM, SOU mulherzinha até o talo (lá ele). Então, comecei a ler e não parei, apesar do ritmo incerto.

“Comer, Rezar, Amar”, de Liz Gilbert como todo mundo sabe, é uma fofura. Foi ótimo ter lido, recomendo de coração. Amei cada uma das tres etapas, fiquei doida pra viajar sozinha, meio que sem rumo, me deu fome, me deu ganas de comer sem medo, deu também uma pusta vontade de aprender a meditar, de ser mais zen, de andar de bicicleta entre arrozais, de escrever, me fez pensar na propria vida, me fez olhar de outra forma ao meu redor, me deu vontade de dar umas umbigadas boas, parar e olhar pra dentro. E isso é bão, Sebastião.

Poxa, e a mulher escreve com uma desenvoltura tão graciosa que dá raiva, faz tudo parecer muito fácil e divertido, o que também não deixa de ser um empurrão.

Então, resumindo, o primeiro livro de 2011 foi esse negócio meio auto-ajuda engraçadinha, que virou filme (que é óbvio que vou ver assim que sair em dvd, ainda mais que é com a bocuda Julia Roberts que eu adoro e com o testosteronudo Javier Barden que, convenhamos, deixa nós, mulherzinhas, totalmente de quatro e molhadinhas, uia!).

Começa promissor, o ano. Ou não. Hahahaha…

Anúncios

2 pensamentos sobre “Comi, rezei, amei

  1. pois é, eu bem que sugeri quando eu tava devorando o bicho, lendo na tela do pczinho, maaaaasssss não me ouve kkkkkkkkkkkkkk
    legal que gostaste. o filme, como sempre, é bem menos do que o livrinho, mas vale sim ainda mais deitada na cama comendo picoca
    beijosss

    Curtir

    • pois é, muié, tu que me “assanhou” pra esse livro, sem duvida. acontece que tela do pc não é canto pra leitura, né? e quando ganhei de presente, livro livro mesmo, de papel, daí sim, li. e sou agradecida por isso, à lilia e à lila!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s